FES

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home Graduação em administração
Graduação em Administração

Departamento de Administração- FES

E-mail Imprimir PDF

1. O DEPARTAMENTO E O CURSO

 

A UFAM tem sua raiz fincada na existência da Escola Universitária Livre de Manaós, criada em 11-1-1909.

Os cursos da área das Ciências Humanas tiveram sua origem vinculada à Faculdade de Sciencias Jurídicas e Sociaes, que foi inaugurada em 1º-3-1910.

O marco que principia a história do DA encontra-se jungido à instalação da Faculdade de Ciências Econômicas, em 23-12-55, posteriormente absorvida pela nova estrutura da Faculdade de Estudos Sociais (FES).

O Curso de Administração foi criado através da Resolução n. 09/65, de 20-11-65 e implantado em 1966.

Hoje o Departamento de Administração é parte integrante da Faculdade de Estudos Sociais, compondo com Economia e Contabilidade o conjunto de cursos oferecidos pela FES.

Localização do Departamento de Administração:

End: Av. Gen. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 3.000 – Coroado. Campus Universitário, Setor Norte, Bloco da FES. CEP: 69077-000 – Manaus/AM

Fone: (92) 3305-4517           e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

1.1 DIREÇÃO

O Departamento de Administração é dirigido por um chefe, um subchefe e dois coordenadores.

O chefe e o subchefe cuidam da administração do Departamento, sendo os responsáveis pela operacionalização de toda a logística conexa às atividades finalísticas do DA.

Aos Coordenadores do Colegiado de Curso compete, dentre outras tarefas, integrar os professores do DA e de outros Departamentos com atuação no curso de Administração, visando ao incremento da qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão.

1.2. SECRETARIA

O DA conta com uma secretaria, funcionando no período da manhã à noite. Através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. é possível estabelecer contato com os técnicos que informam sobre os assuntos pertinentes ao Curso de Administração e ao DA.

1.3. MATRIZ CURRICULAR

Para a integralização do Curso de Administração da UFAM são necessárias 3.060 horas ou 189 créditos.

 

O currículo vigente data do ano de 2010 e é oferecido nos turnos diurno e noturno (FIGURAS 1 e 2).

 

Figura 1: Matriz Curricular do Curso de Administração Diurno

 

 

Figura 2: Matriz Curricular do Curso de Administração Noturno

 

 

2. HISTÓRICO DA ADMINISTRAÇÃO

A Administração sempre foi objeto de estudo dos gestores e estrategistas dos antigos impérios. O movimento da Administração Científica surgiu com o incremento das relações de produção no contexto da sociedade capitalista.Taylor e Fayol, dentre outros, destacaram-se no trabalho de sistematizar o conhecimento acerca da Ciência da Administração. Estes estudiosos formam um grupo chamado de “Clássicos”. A evolução da Teoria Administrativa manifestou-se através de escolas de pensamento, merecendo destaque: as Relações Humanas, o Estruturalismo, a Teoria dos Sistemas Gerais e a Teoria Contingencial.

Atualmente, a Ciência da Administração envolve as seguintes principais áreas de atuação: Teoria Administrativa, Planejamento, Análise e Mudança Organizacional, Recursos Humanos, Gestão de Pessoas,  Desenvolvimento Operacional (produção + materiais), Gestão da Informação (Organização, sistemas e métodos), Finanças e Marketing.

 

3. O QUE É ADMINISTRAÇÃO?

A Administração é um ramo das Ciências Sociais Aplicadas. Dedica-se ao estudo das organizações para estabelecer princípios, axiomas, técnicas e procedimentos aplicáveis ao gerenciamento de complexos humanos produtivos.

Interessa à Administração toda e qualquer organização sócio-produtiva, incluído neste universo as áreas pública, privada e o chamado terceiro setor.

A racionalidade técnica que informa a Administração procura equilibrar o elemento humano e os fatores técnico e tecnológico, na tentativa de construir uma síntese capaz de legitimar a existência das organizações. Enfim, a Administração pretende colaborar com a performance das organizações, através de um conjunto de fatores interventivos geradores de maior qualidade e melhor desempenho na prestação de serviços ou na produção de bens. Para tanto, guarda   íntima interface com outras Ciências Humanas (Sociologia, Psicologia, Economia, Contabilidade, Direito etc.).

 

4. CAMPO DE ATUAÇÃO DO ADMINISTRADOR

O ambiente contemporâneo é marcado pela velocidade da mudança. Este processo tem a marca do novo, que projeta a ruptura dos paradigmas experienciados.

Sucede, a tecnologia socializa-se de uma forma rápida igualando competidores. A disputa por espaços no mercado vai se deslocando cada vez mais para fatores correlatos à performance humana.

Neste cenário, prospera a força e o valor do Administrador. O exercício da gerência eficaz produz um efeito multiplicador sobre toda a organização. Assim, a qualidade necessária é atendida, bem como  o interesse dos diversos públicos consumidores de bens e serviços.

Por outro lado, a globalização ergue-se prenhe de contradições relevando ainda mais o valor da criatividade a serviço da preservação de uma mínima identidade para a numerosa  clientela.

Neste cenário, o Administrador é chamado a atuar em todos os níveis e tipos de organização, produzindo equações para o imbricado jogo de contradições sediado no mundo produtivo.

 

5. ORIGENS DA PROFISSÃO

A profissão de Administrador encontra-se regulada na Lei nº 4.769, de 9 de Setembro de 1965. A atividade profissional do administrador, segundo seu artigo 2O , será exercida, como profissional liberal ou não, mediante: pareceres, relatórios, planos, projetos, arbitragens, laudos, assessoria em geral, chefia intermediária, direção superior; e pesquisas, estudos, análise, interpretação, planejamento, implantação, coordenação e controle dos trabalhos nos campos de Administração.

O Decreto nº 61.934, de 22/12/67 regulamentou e detalhou a Lei no 4.769, estabelecendo o campo e a atividade do Administrador.

O artigo 6o da Lei no 4.769 criou o Conselho Federal de Administração (CFA) e os Conselhos Regionais de Administração (CRA’s), como autarquias federais, com a finalidade precípua de propugnar por uma adequada compreensão dos problemas administrativos e sua racional solução e, ainda, orientar e disciplinar o exercício da profissão de administrador.

O Curso de Administração foi reconhecido pelo Governo Federal através do Decreto n. 70.684, de 7/6/72 (DOU, de 8-6-72).

 

6. SÍMBOLOS DA PROFISSÃO

Os símbolos da profissão de Administrador são bem explicados pelo Conselho Federal de Administração.

 

7. MAIORES INFORMAÇÕES

Facebook da Coordenação do Curso

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.